Marinha do Brasil celebra o Dia Marítimo Mundial no Rio de Janeiro

A Marinha do Brasil celebrou, no dia 27 de setembro, no Rio de Janeiro, o Dia Marítimo Mundial. A data é comemorada todos os anos pela Organização Marítima Internacional (IMO) para destacar a importância das indústrias marítimas no comércio internacional. A solenidade promovida pela Diretoria de Portos e Costas (DPC) foi realizada no Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (CIAGA), com a presença do ex-ministro da Marinha, Almirante de Esquadra (Refº) Mauro Cesar Rodrigues Pereira, dos ex-Comandantes da Marinha, Almirante de Esquadra (Refº) Roberto de Guimarães Carvalho e Almirante de Esquadra (Refº) Julio Soares de Moura Neto, além de autoridades, ex-Diretores de Portos e Costas e representantes da comunidade marítima, da Sociedade Amigos da Marinha (SOAMAR), das empresas de navegação e dos Sindicatos ligados à atividade.

A edição 2017 do Dia Marítimo Mundial foi celebrada com o tema “IMO - Conectando navios, portos e pessoas”, ressaltando o transporte marítimo e os portos como instrumentos importantes na criação de condições para ampliação do emprego, da prosperidade e da estabilidade mediante a promoção do comércio marítimo.

Durante a cerimônia no CIAGA, presidida pelo Diretor-Geral de Navegação (DGN), Almirante de Esquadra Paulo Cezar de Quadros Küster, o Diretor de Portos e Costas, Vice-Almirante Wilson Pereira de Lima Filho mencionou a relevância do mar para o País, incluindo nossos portos, navios, homens e mulheres que integram a Marinha Mercante, ressaltando a importância da obediência às normas estabelecidas pela Autoridade Marítima aos que navegam em Águas Jurisdicionais Brasileiras. "Só assim nossos mares e rios estarão cada vez mais limpos e seguros", afirmou o DPC.

A solenidade contou com uma homenagem ao Capitão de Longo Curso (CLC) Antônio Mário Conor de Oliveira, agraciado com o Distintivo de Comodoro, por sua trajetória de êxito no comando de navios mercantes. Também foi realizada a tradicional aposição floral sob o busto do patrono da Marinha Mercante do Brasil, Irineu Evangelista de Souza, o Barão de Mauá.